Webmail do Servidor

CCPJ do Anil é reformada e tem a segurança reforçada para evitar fugas

09 de maio de 2012 - 12h27

CCPJ do Anil é reformada e tem a segurança reforçada para evitar fugas



A Central de Custódia de Presos de Justiça do Anil (CCPJ/Anil) passou por uma reforma completa em suas instalações e teve a segurança do prédio reforçada. O prédio situado na Avenida Nossa Senhora da Conceição, s/n, no Conjunto Parque Aurora, no Bairro do Anil, teve melhorias em todos os setores, além do reforço na segurança com aumento da altura do muro, instalação de grandes entre as celas e muro do pavilhão externo, e a colocação de monitoramento por circuito interno de TV.



Na CCPJ do Anil foram realizadas melhorias nas 20 celas com divisão de beliches em pedras, aumento da circulação de ar, pintura das paredes e grandes; aumento da altura do muro; colocação de grades externa para reforçar a segurança no pavilhão externo; instalação de câmeras para monitorar os presos; colocada cobertura numa parte do banho de sol, para servir de abrigo aos amigos e familiares dos presos, colocação de toldo para abrigar os visitantes antes de ser permitida a entrada na CCPJ; melhoria nos alojamentos dos agentes penitenciários; reforma no alojamento e permanecia da Polícia Militar, nas instalações administrativas, na enfermaria e na sala de assistente social; construção de banheiro feminino para as agentes penitenciárias, e construção de banheiros feminino e masculino na área de banho para ser usados por internos e familiares nos dias de visita.

CCPJ do Anil é reformada e tem a segurança reforçada para evitar fugas- J. Roberto



Para o Superintendente de Controle e Execução Penal da Capital (SCEP), Fredson Maciel, as melhorias na CCPJ do Anil são importantes por oferecer um local melhor para os servidores e para abrigar os presos durante o cumprimento da pena. “A reforma serviu para dar melhores condições de trabalho aos servidores que ali desempenham suas funções, para oferecer condições necessárias para o cumprimento de pena do preso, melhorar a segurança para evitar fugas e oferecer conforto aos familiares dos internos”, destacou o Superintendente de Controle e Execução Penal da Capital (SCEP), Fredson Maciel. O diretor da Central de Custódia, Rubens Ferreira Alves, disse que a obra melhorou toda a estrutura do prédio e possibilitou um local mais agradável para trabalhar e reforçou a segurança da unidade para evitar fugas.

O prédio da CCPJ do Anil foi vistoriado pela 2ª Vara de Execuções Penais, onde foi constatado que a Secretaria da Justiça e da Administração Penitenciária (Sejap) obedeceu aos quesitos de ventilação e iluminação proposto em um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC).